📸 Daniel Silva / Daniel Silva Fotografia

O Volta Redonda começou agressivo na partida e logo no primeiro minuto de jogo, Igor Bolt teve grande chance de abrir o placar, mas acabou dominando errado e perdendo a oportunidade. O Olaria respondeu aos 4 minutos com chute de Xandinho que passou perto do gol defendido por Dida. Aos 7 minutos o Voltaço voltou a assustar com Mauro Gabriel, que acertou um chute na trave do Azulão da Bariri. Depois do início agitado, o jogo foi ficando mais morno, até que aos 29 minutos do primeiro tempo Caio Vitor apareceu para marcar após bom cruzamento de Wellington Silva e assim terminou o primeiro tempo: Volta Redonda 1x0 Olaria.

O segundo tempo começou com domínio do Voltaço, o Olaria não assustava e aos 11 minutos do segundo tempo, Thomáz Kaycy foi derrubado dentro da área por Baré e o juiz marcou a penalidade. Pedrinho puxou a responsabilidade e foi para a cobrança, bateu muito bem e fez Volta Redonda 2x0 Olaria. O Azulão da Bariri até tentou algo após o gol, porém continuo sem apresentar perigo ao Volta Redonda que seguia mandando na partida, e assim aos 27 do segundo tempo saiu o terceiro gol do Voltaço. Após cobrança de escanteio, a bola voltou para Pedrinho que cruzou na área para Davison marcar o gol do título.

Atrás do placar, o Olaria foi para o tudo ou nada em busca de tentar ao menos levar a partida para os pênaltis, porém não obteve sucesso - aliás foi o Taço que levou mais perigo e teve mais perto de fazer o quarto gol - assim terminou Volta Redonda 3x0 Olaria e Voltaço campeão da Série A2.

O Volta Redonda volta a elite do futebol carioca no mesmo ano que caiu, além disso o time agora volta sua atenção para a Série C do Brasileiro. Já o Olaria foca agora na Copa Rio, buscando uma vaga nacional.


Texto: Gustavo Afonso

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.