Foto: Úrsula Nery/Agência FERJ

No dia 23 de Junho, o Americano abriu um processo contra o Friburguense alegando a irregularidade de um atleta em uma partida entre as equipes, o motivo da irregularidade é o jogador não ter sido postado no BIRA dentro do prazo do jogo. 

Ontem (30/07), ocorreu o julgamento desse caso tendo como resultado favorável para a equipe do Friburguense, mantendo momentaneamente na semifinal da Taça Santos Dumont, o tribunal alega que o erro foi da FERJ e não do clube acusado que realizou o pedido dentro do prazo. O diretor de futebol do Frizão, José Eduardo Siqueira disse:  "Conseguimos provar através dos e-mails e dos documentos da própria Ferj que a situação do atleta estava correta. A responsabilidade é do pessoal do registro." 

A direção do Alvinegro discorda da decisão "Entendemos diferente. O Friburguense poderia ter corrigido e visto o Bira", disse o presidente Vagner Xavier. O clube aguarda a data do julgamento no Pleno, a expectativa é que ocorra no dia 08/07. 

Por conta desse caso, os jogos da semifinal tem nova data, Artsul x Maricá será na segunda (05), e Audax x Friburguense no domingo (11), enquanto a final será na quarta (14). 

Texto de João Victor 

Matéria publicada em 05/07/2021 às 11:25

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.