Lucas Figueiredo/CBF

A temporada do futebol feminino nacional já tem as datas definidas de sua principal competição, o Campeonato Brasileiro da Série A1. O torneio contará com 16 equipes de todo o país e elas se enfrentam em turno único. Todos os times jogam uns contra os outros e os oito primeiros colocados se garantem na fase de quartas de final. Os quatro últimos caem e disputam a Série A2 do ano seguinte. A primeira fase começa no dia 28 de março e vai até 27 de junho. As quartas de final tem previsão de começar em 15 de agosto e encerrar no dia 22. As semifinais estão marcadas para 29 de agosto e 5 de setembro. A grande decisão ocorre nos dias 12 e 26 de setembro. Lembrando que todas as fases do mata-a-mata contam com jogos de ida e volta. 

Na edição de 2021, duas equipes cariocas estão entre as participantes. São elas o Flamengo e Botafogo. A equipe Rubro-Negra é frequentadora assídua da elite nacional, jogando de forma ininterrupta desde 2015 e conquistou a edição de 2016. Já o time Alvinegro, esteve apenas na edição de 2014, quando chegou até às semifinais e acabou eliminado nos pênaltis. O acesso conquistado na temporada 2020 coroou ótima campanha das jogadoras e toda a comissão. O Botafogo acabou sendo vice da Série A2, derrotado duas vezes por 2 a 1 pelo Napoli-SC.

A estreia do Flamengo na Série A1 de 2021 será contra o Minas Brasília-DF, jogando no Rio de Janeiro. Já o Botafogo, enfrenta o Bahia também na capital fluminense. As partidas, como já mencionado, acontecem no dia 28 de março, ainda sem horário definido.

E a Série A2?

No calendário de competições femininas divulgado pela CBF, a divisão de acesso nacional em 16 de maio, durando até 5 de novembro. Nela, jogam 36 times, sendo 27 campeões estaduais, os 4 rebaixados da A1 de 2020, e mais cinco que entram de acordo com o ranking nacional de clubes 2020/21 (masculino). O formato é de uma fase inicial com seis grupos, cada um com seis clubes, que jogam em turno único dentro do grupo. Avançam para a 2ª Fase os 16 melhores colocados (dois primeiros de cada grupo e os quatro melhores terceiros), que jogam em sistema eliminatório, em ida e volta, até a final.  

Para que equipes cariocas disputem a Série A2 feminina, vai depender de quem ganhar o Carioca de 2021 e do ranking masculino da CBF, ambos sem definição. Lembrando que na temporada 2020, o futebol do Rio foi representado por Botafogo (vice-campeãs), Fluminense (eliminadas nas oitavas) e Vasco (caiu na primeira fase)


Texto de Hugo Lage
Matéria publicada em 05/02/2020, às 15:00

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.