O Serra Macaense anunciou hoje em seu Instagram a identidade do seu primeiro mascote: o falcão Milton. O personagem tem como características uma personalidade marcante, além de ser inteligente, comunicativo, forte, carismático, generoso, obstinado, tal como o vice-presidente do clube, Milton dos Santos. 

O dirigente homenageado pelo equipe macaense, está há muitos anos no clube. É descrito como uma pessoa que foi empreendedora desde a infância, e que, por conta disso, aprendeu a ter um espírito vencedor. E essas características foram as que  ajudaram a superar os vários obstáculos da vida do filho de agricultores imigrantes do continente europeu. Da sua mãe alemã, leva consigo a generosidade e de seu pai, português, carrega a perseverança. Miltão, como é chamado, é um homem de visão, de negócios e de sucessos. 

Como empreendedor, Milton dirigiu várias empresas no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro. No futebol, que é uma de suas principais paixões, realizou um sonho antigo, ao ter adquirido a responsabilidade de administrar os negócios do Serra Macaense Futebol Clube, fundado em 2009, após a aquisição do extinto Independente Esportes Clube Macaé.

Em depoimento concedido ao site do clube, o dirigente destacou a importância do empreendedor no futebol e revelou suas expectativas quanto ao projeto do Serra. 

“Vejo o empreendedor do futebol como alguém que gosta e acredita em um sonho, numa luz que se apresenta em cima de um trabalho que deve ser bem feito. Aqui no Serra Macaense tenho orgulho de participar e posso dizer que brevemente teremos atletas de grande nível, os quais certamente sustentarão o investimento de hoje. É uma plantação que temos de cuidar, regar, proteger, para colher ali na frente e tenho certeza que isso ocorrerá. Temos um grande futuro nesse negócio, porque aquilo que for investido pode ser potencializado e multiplicado em breve”, garante.

Além disso, Milton também ressalta todo o trabalho social que o Serra Macaense desenvolve com a comunidade de Macaé e clama aos empresários da região que possa ajudar o clube, que, em sua concepção está desenvolvendo um trabalho revolucionário no futebol carioca

"Aqui nós damos apoio para toda a comunidade, com um projeto que já desenvolvemos com o departamento de psicologia, englobando dezenas de famílias, crianças e adolescentes. Mas precisamos de mais apoio da população, onde o time possa ser visto em Macaé com isso que já estamos colocando em prática. Estamos com uma campanha como o sócio-torcedor para que haja todo um contexto de avanço no Clube. Existem diversas ideias para potencializar cada vez mais a cidadania dos jovens da região e para isso a participação de todos se faz importante” finaliza.   

Por conta de toda essa iniciativa do vice-presidente do Serra Macaense, um clube de poucos anos de vida e que desenvolve um projeto a longo prazo, buscando um crescimento no futebol local, a diretoria realizou esse tributo de associar sua história de vida com o conceito da identidade do mascote. O Milton mascote, é um falcão peregrino. O animal foi escolhido porque simboliza a força e tem uma natureza perseverante, visionária e implacável, semelhante à trajetória da instituição. Consequentemente surge a expressão "Obstinado por Natureza", que realça e homenageia a essência, as raízes e a ancestralidade do Serra Macaense Futebol Clube.


Texto de Pedro Sodré

Matéria publicada em 05 de Novembro de 2020, às 11:24.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.