Foto: Divulgação / Friburguense

Vai começar o Campeonato Carioca 2021. E ele começa pela fase seletiva da competição. E com poucos recursos, o time do Friburguense contará com um elenco modesto para lutar pela fase principal da disputa. 

De forma oficial, o time de Nova Friburgo iniciou a sua preparação ainda no ano passado, no último dia 28, quando a maioria do elenco profissional se apresentou no Estádio Eduardo Guinle. Já no dia 2 de janeiro de 2021, novos nomes e outros conhecidos do torcedor tricolor, completaram o plantel para dar início a difícil missão de liderar a fase preliminar e chegar até a principal, onde o Flamengo será o primeiro adversário. 

A falta de dinheiro, contrato de TV, assim como a Covid-19 são os maiores culpados de toda a dificuldade e montagem da estrutura do clube como, hospedagem, alimentação, testagens e rotina de treinos. “A gente vem atravessando uma caminhada difícil. É ter os pés no chão.", disse o diretor de futebol, José Eduardo Siqueira. A previsão inicial é de que a folha de pagamento não passe de R$ 70 mil, o que "é muito pra quem não tem nada.”, completou o dirigente. 

A montagem do elenco também fica comprometida com o baixo orçamento do clube e fez, segundo o dirigente, que o clube perdesse jogadores que já estavam praticamente acertados com o time. “Como a gente está em uma realidade diferente e aí isso acontece, lamentou. Um dos exemplos seria o atacante Sibito, que após receber uma proposta melhor, desistiu do Frizão.” 

Mesclando juventude, experiência e identificação com o clube, a fórmula que manteve o Friburguense na elite por muitos anos, será mantida. Entre os jogadores que se apresentaram primeiramente para testagens do Covid-19, estão o goleiro Afonso, os laterais Wallace e Ricardinho, e entre outros, o meia Jorge Luiz, que já vestiu a camisa tricolor em mais de 200 partidas, marca que apenas Sérgio Gomes, Cadão (atual treinador), Ziquinha e Bidu possuem, além de ser segundo maior artilheiro da história do Frizão, com 45 gols. No time de caras novas do elenco, tem o zagueiro Lucas Marreta, destaque do Gonçalense na Série B1 e o volante Calebe, ex-Flamengo e Nova Iguaçu. Ainda estão na mira os meias André (ex-Goytacaz) e Luis Fernando, vindo do Itumbiara-GO. A diretoria ainda corre atrás de dois atacantes antes da estreia na seletiva que será realizada em novo formato: pontos corridos com turno e returno. 

Na primeira rodada, no dia 17 de janeiro, o Friburguense enfrenta o Nova Iguaçu, que foi campeão da Série B1, fora de casa. O América enfrentará o vice-campeão da competição em casa, enquanto em Campos, o Americano receberá a Cabofriense. O primeiro jogo em casa, no Eduardo Guinle será contra o Americano, dia 20 de janeiro. 

A rodada final acontece dia 20 de fevereiro, quando o Frizão enfrenta o Sampaio Corrêa, vice-campeão da B1, fora de casa. Apenas o melhor classificado avança à disputa da Fase Principal onde fará sua estreia no dia 27 ou 28, contra o Flamengo. 

A tabela do Frizão: 

  • 16/jan - Sáb – 15h: Nova Iguaçu x Friburguense, Laranjão
  • 20/jan - Qua – 15h: Friburguense x Americano, Eduardo Guinle
  • 23/jan - Sáb – 15h: Cabofriense x Friburguense, Correão
  • 27/jan - Qua – 15h: Friburguense x América, Eduardo Guinle
  • 30/jan - Sáb – 15h: Friburguense x Sampaio Corrêa, Eduardo Guinle

 *Returno 

  • 03/fev - Qua – 15h: Friburguense x Nova Iguaçu, Eduardo Guinle
  • 06/fev - Sáb – 15h: Americano x Friburguense, a definir
  • 10/fev - Qua – 15h: Friburguense x Cabofriense, Eduardo Guinle
  • 17/fev - Qua – 15h: América x Friburguense, Giulite Coutinho
  • 20/fev - Sáb – 15h: Sampaio Corrêa x Friburguense, Lourival Gomes


Texto de Juan Lira

Matéria publicada em 05/01/2021 às 08:00

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.