Foto: Léo Borges

Antes da partida de ontem (27) contra a Cabofriense, a equipe do Sampaio Corrêa entrou com uma faixa homenageando o goleiro Ranule, vítima de um acidente aéreo no último domingo (24) em Luzimangues no Tocantins.

Os jogadores entraram carregando a faixa que dizia, “Obrigado por tudo, Ranule”. O goleiro esteve presente no acesso histórico do Galinho da Serra, da B1 para a primeira divisão Estadual pela primeira vez em sua história.

Ranule teve participação ativa na campanha e atuou em oito partidas pelo Sampaio Corrêa, vencendo quatro, empatando duas e perdendo apenas duas partidas, atuando como titular pela equipe de Saquarema.

Homenagem merecida ao goleiro que deixou família e amigos com apenas 27 anos, mas deixou um legado no futebol que jamais será esquecido pelos que acompanharam sua carreira.

Texto de Caio Bezerra
Matéria publicada em 28/01/2021 às 09:55

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.