Foto: Divulgação / Pérolas Negras


O melhor e o pior time na classificação da Série B2 do Carioca de 2020, se enfrentaram na tarde da última quarta (13). Um era Pérolas Negras, líder no seu grupo no segundo turno e na classificação geral. O outro era o já rebaixado Mesquita, que havia conquistado apenas 2 pontos nos 13 jogos disputados até então. A zebra não passeou pelo Estádio do Trabalhador, em Resende: o Pérolas venceu por 3 a 0, e com a vitória, garantiu o acesso à Série B1 e à vaga nas semifinais da Taça Waldir Amaral com uma rodada de antecedência.

O Pérolas Negras dominou completamente a partida. Essa superioridade pode ser vista no número de finalizações: no total, foram 22 (10 ao gol) do vencedor contra apenas 3 (1 ao gol) do Mesquita. O líder do Grupo A abriu o placar ainda aos 7 minutos do primeiro tempo, em tento do zagueiro Carlão.

Nos 45 minutos finais, o Pérolas fez 2 a 0 aos 15, com gol de Andinho (foi o 7° gol do camisa 10 em 14 jogos que disputou na B2). O terceiro gol veio aos 41 do segundo tempo, com Matheus Carioca, que entrou ao longo da segunda etapa. 3 a 0 para o Pérolas Negras.

A vitória levou o time aos 32 pontos na classificação geral: o 7 de Abril, segundo colocado, tem 28 pontos e não consegue mais alcançar o Pérolas. Como duas das vagas para a Série B1 do Carioca são dadas aos dois melhores times no geral, o acesso do clube criado em 2010, está confirmado. Na tabela da Taça Waldir Amaral, são 18 pontos conquistados, que o classificam ao mata-mata do segundo turno.

Assim, a última rodada do turno vai definir apenas a posição final do Pérolas Negras, que disputa a liderança do grupo com o Barra da Tijuca, segundo colocado, e também classificado, com 17 pontos. O time enfrentará o rebaixado Barcelona no Estádio Alzirão, às 15h de amanhã (16).

O Mesquita encerrará a sua participação na Série B2 contra o Campo Grande, que precisa vencer para sonhar com uma vaga na B1 via classificação geral. A partida acontecerá no mesmo dia e horário, no Estádio Joaquim de Almeida Flores (Nilópolis).

Texto de Lucas Ricardo

Matéria publicada em 15/01/2021, às 07:34

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.