Foto: Divulgação / Pérolas Negras


O Pérolas Negras entrou em campo na tarde de ontem (22), às 15h, no Estádio Ubirajara Reis, em Casimiro de Abreu. Apesar do tempo chuvoso que deixou o campo encharcado, o clube de Resende fez uma boa partida e conquistou uma vitória de 3 a 0 contra o time mandante

O jogo começou e não demorou muito para o Pérolas abrir o placar. Carlão subiu bem alto para cabecear e balançar as redes após cobrança de falta lateral batida por Andinho. O Pérolas fazia 1 a 0 logo aos 2 minutos.

Andinho, que estava em um dia inspirado, teve participação duas grandes chances. A primeira, aos 5 da etapa inicial: O habilidoso meio-campista driblou um defensor do Casimiro e chutou no meio do gol, facilitando a defesa do goleiro. A segunda oportunidade foi aos 14 minutos. Andinho partiu pela esquerda e cruzou rasteiro. Dida soltou a bola e por pouco o rebote não sobra com Chula.

Na parte final da primeira etapa, o Casimiro de Abreu buscou equilibrar as forças na partida e levava perigo nas bolas aéreas. Porém, a defesa do Pérolas Negras estava bem atenta e o goleiro Luiz Felipe também. Depois de uma boa jogada do CAEC pela direita, Luiz fez uma grande defesa, garantindo a vitória parcial por um gol de diferença até o final dos primeiros 45 minutos.

No segundo tempo, quem deu o primeiro susto foi o CAEC: em uma cobrança de falta bem batida, obrigou Luiz Felipe a fazer mais uma defesa difícil. 

Mas o Pérólas ainda queria jogo e continuava atacando, até que aos 23 do segundo tempo, saiu o segundo gol: Andinho bateu falta do lado direito direto para o gol. 2 a 0 para o Pérolas.

Andinho foi o nome do jogo. Aos 40, cobrou um escanteio bem fechado e quase fez um gol olímpico. Mas aos 43 foi ele que anotou o terceiro gol do time dos refugiados. MV, que entrou no segundo tempo, fez boa jogada individual e foi derrubado dentro da área. O árbitro assinalou o pênalti, que foi convertido pelo camisa 10, que teve participação em todos os gols da equipe. Andinho marcou duas vezes e deu assistência para o primeiro gol. Sem contar, que ajudou o Pérolas Negras a acabar com o incômodo jejum nas cobranças de pênalti.

Com a vitória, o Pérolas Negras ultrapassa o 7 de Abril, que empatou com o líder Carapebus e passa a ocupar a segunda posição na classificação geral. No Grupo A, da Taça Waldir Amaral, o clube está na terceira posição, com o mesmo número de pontos que o Barra da Tijuca e o Itaboraí Profute. 

O Casimiro de Abreu não começou bem o segundo turno. Está apenas em oitavo na classificação geral e em sexto no Grupo B da Taça Waldir Amaral. O Poetinha  ainda não somou nenhum ponto.

O Pérolas recebe na próxima segunda (28), o Barra Mansa, no Estádio do Trabalhador, em Resende. O Casimiro de Abreu vai até o Atílio Marotti enfrentar o Mageense. As duas partidas ocorrem simultaneamente, às 15h.

Texto de Pedro Sodré

Matéria publicada em 23/12/2020 às 10:12

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.