Foto: Marcos Faria

No Clássico Leopoldinense, válido pela quarta rodada da Taça Corcovado, o Olaria conquistou uma vitória maiúscula de 4 a 1, no Estádio Joaquim Flores, em Nilópolis. Gols marcados por Alexandre e Robinho (3).


Pelo fato da partida ocorrer em um campo com o gramado muito duro e com dimensões reduzidas, as duas equipes passaram 15 minutos se estudando, até que surgiu a primeira oportunidade. Aos 16, após cruzamento de Wellington Júnior, Cristian Santiago faz o corte e manda para escanteio. 


Depois, quem mandou no jogo foi o Olaria. Aos 20 minutos, Gileard perdeu o gol em grande chance após cobrança de falta de Vitinho pela direita, cabeceando a bola à esquerda do gol de João Paulo. 


Aos 28 saiu o primeiro gol. O volante Gustavo roubou a bola no meio de campo,  lançou o atacante Alexandre, que partiu em velocidade entre os zagueiros do Bonsucesso e chutou no canto esquerdo. Olaria 1 a 0. 


Depois do primeiro gol, o Olaria, que durante o jogo todo levou vantagem contra a frágil defesa do rival, teve várias chances de ampliar. Aos 34, Gustavo faz novamente um desarme, serve Gileard que, na marca do pênalti chutou por cima do travessão. 5 minutos depois, Vitinho cobrou uma falta e a bola passou por cima do gol.


Aos 45, Gileard perdeu sua terceira chance de gol, deixando os torcedores do Olaria inconformados. Após receber passe de Gabriel Galhardo pela direita, o atacante dribla o zagueiro do Bonsucesso e chuta de pé esquerdo por cima do travessão. 


Se no primeiro tempo o time do Olaria não estava aproveitando as oportunidades de gol, no segundo, a equipe começou a acertar a pontaria. Aos 4 minutos, Alexandre recuperou a bola no meio de campo, fez o lançamento para Robinho que chuta no canto direito, na saída do goleiro. Olaria 2 x 0 Bonsucesso.


Parecia que o Olaria estava com o jogo sob controle, mas aos 8 minutos, o zagueiro Anderson falou na saída de bola. Wellington Júnior aproveitou a oportunidade e diminuiu para o Bonsucesso. 2 a 1 no placar.


Mas não deu para a torcida do Olaria ficar preocupada por muito tempo, pois aos 9, após cobrança de falta de Gabriel Galhardo, Robinho recebeu a bola e chutou cruzado, sem chances para o goleiro João Paulo. 3 a 1 para o Olaria.


Robinho, que estava num dia inspirado, fez seu terceiro gol aos 14 do segundo tempo. O meia roubou a bola de Biano, na intermediária do campo do adversário e entrou livre para fazer 4 a 1 para o time azul celeste.


Com essa goleada, o Olaria ganha um novo ânimo na briga contra o rebaixamento e afunda o Bonsucesso na situação crítica que vive dentro e fora de campo.


Na próxima rodada, o Olaria recebe o Campos em casa e o Bonsucesso joga como visitante contra o Duque de Caxias.


Texto feito por Pedro Sodré

Matéria publicada em 9/11/2020 às 12:40

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.