Flamengo, o atual campeão carioca | Foto: Alexandre Vidal/C. R. do Flamengo

O Campeonato Carioca de 2021 terá um novo regulamento, que será válido para as quatro primeiras divisões. Em arbitral realizado nesta segunda - feira (28), para definir o regulamento da Série A1, ficou definido que este torneio terá turno e grupo únicos, com semifinais e final em jogos de ida e volta. O time que somar mais pontos ao longo da primeira fase fica com a Taça Guanabara. Já as equipes que ficarem entre 5º e 8º lugar disputam a Taça Rio. Este mesmo expediente foi adotado em 2014 e 2015, quando o Carioca teve 16 participantes. 

A Seletiva não foi alterada. America, Americano, Cabofriense, Friburguense, Nova Iguaçu e Sampaio Corrêa vão disputar apenas uma vaga para a fase principal (agora, Taça Guanabara). Os outros cinco times serão rebaixados para a nova Série A2.

Apenas Portuguesa e Madureira não mandaram representantes. No time da Ilha, o vice - presidente João Rego testou positivo para Covid-19 e o presidente Marcelo Barros, está se recuperando da doença. Já o Tricolor Suburbano foi representado por Flávio Horta, presidente do Volta Redonda, uma vez que o mandatário do Madura, Elias Duba, pertence ao grupo de risco para a Covid-19.

A Seletiva começa em 16 de janeiro e a fase principal começa em 28 de fevereiro.

Conforme explicado nos regulamentos de todas as competições de acesso para 2020, as Séries A2, B1 e B2 terão o mesmo regulamento em 2021. Ou seja, os campeonatos da segunda à quarta divisão tanto em 2021 quanto em 2022 terão a mesma fórmula: turno único, com semifinal e final em jogos de ida e volta, sendo que na Série A2, apenas o campeão será promovido e nas outras divisões, os finalistas serão promovidos.

Texto de Luiz Nascimento

Matéria publicada em 28/12/2020, às 17:18

Atualizado e corrigido em 28/12/2020, às 17:32

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.