Ano passado, o jogador era capitão do time que quase conseguiu a classificação para a próxima fase, o time ficou empatado na pontuação com o Ceres e não avançou devido ao número de vitorias. 

O jogador conta que sentiu muito a eliminação: “Sentimos muito mesmo, pois conseguimos fazer uma boa campanha dentro da competição, chegamos na última rodada dependo apenas de nós mesmo, mas infelizmente empatamos, e os outros resultados não foram favoráveis a decretar nossa classificação.” – diz Tassio. 

O lateral é um dos remanescentes da temporada passada, segundo ele é um dos “termômetros” do elenco, e espera ajudar os que estão chegando passando experiencias que adquiriu no clube. 

“Costumo dizer que somos o termômetro dentro do elenco, passando um pouco que adquirimos de experiência pros que estão chegando esse ano no clube e que tenho certeza que vão fazer um ótimo trabalho essa temporada de 2022.” – comenta o jogador. 

Tassio comenta que o objetivo maior é conseguir o acesso com o Tigres, e aos poucos ir retornando degrau a degrau para a elite. 

O Tigres estreia na Serie B2 nesse domingo (11/09), no estádio Mourão Filho contra o Ceres às 15:00. 

Confira a entrevista na integra: 

1- Como é para você voltar ao Tigres após a campanha do ano passado? 

R: “É sempre um prazer está vestindo e honrando essa camisa tão pesada como a do Tigres do Brasil no futebol carioca, uma pena que ano passado mesmo com uma boa campanha na competição, com apenas uma derrota, não conseguimos a classificação. Mas sabemos que o futebol tem disso, esse ano retomarmos mais fortes ainda em busca do objetivo maior, que é subir o Tigres.” 

2- Ano passado vocês não conseguiram a classificação pelo número de vitórias. Como foi isso para você e quais são as perspectivas para esse ano? 

R: “Como falei, sentimos muito mesmo, pois conseguimos fazer uma boa campanha dentro da competição, chegamos na última rodada dependo apenas de nós mesmo, mas infelizmente empatamos, e os outros resultados não foram favoráveis a decretar nossa classificação.   Esse ano acredito que estamos ainda mais famintos pelo objetivo maior na competição que é subir e retornar o Tigres do Brasil em degrau por degrau a elite do futebol carioca.” 

3- Ano passado você era o capitão do time e agora você retorna ao Tigres, qual a importância de ter um líder como você no elenco? 

R: “É sempre importante ter líderes dentro do elenco, não só eu, como o Caio goleiro, que também retornou, o Pitél, conhecemos a atmosfera dentro da competição e dentro do clube, costumo dizer que somos o termômetro dentro do elenco, passando um pouco que adquirimos de experiência pros que estão chegando esse ano no clube e que tenho certeza que vão fazer um ótimo trabalho essa temporada de 2022.”


Texto: Gustavo Afonso

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.