Foto: Divulgação / 7 de Abril

Pela primeira vez na história da equipe carioca, o 7 de Abril chega à Série B1 após excelente campanha na B2 desta temporada. O Gestor Executivo de Futebol da equipe, Barreto, comenta sobre a boa campanha e sobre os desafios que enfrentaram neste período de pandemia.

O Gestor comemora o bom momento da equipe e conta os principais fatores que levaram a equipe ao acesso inédito.

“Sabíamos o tamanho do desafio que seria o Campeonato Carioca da Série B2, mas tínhamos a certeza que o nosso objetivo, que era o acesso à Série B1 de 2021, era possível com planejamento, organização e boas práticas de gestão.”

Barreto comenta sobre a B1 e tem ciência que o investimento deverá ser maior na disputa de 2021.

“O planejamento para uma B1 modifica em relação à B2, pois sabemos que os clubes da B1, em geral, têm uma melhor estrutura de trabalho e maior capacidade financeira que os clubes da B2.”

Em um início de 2020 muito difícil, devido a pandemia que assombrou o nosso planeta, Barreto comentou conosco sobre essa fase complicada e exaltou todos os envolvidos que conquistaram o acesso mesmo com tantas situações adversas.

“Passamos por um momento muito complicado em termos de captação de recursos financeiros. O país inteiro, em todos os setores produtivos, houve impacto brusco nas receitas e o futebol não foi diferente. Além do planejamento, da organização e das boas práticas de gestão necessárias em um trabalho vencedor, a tônica do nosso trabalho no 7 de Abril foi o sentimento de resiliência e a força de vontade de todos (atletas, comissão técnica e diretoria) em busca do acesso à Série B1.”

O foco do 7 de Abril se volta à semifinal da B2 Carioca. O clube aguarda a confirmação do seu adversário na fase decisiva, agora o foco é o título Estadual, outro feito inédito.

Texto de Caio Bezerra

Matéria publicada em 19/01/2021 às 14:25

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.