Foto: Divulgação FERJ

O Campeonato Carioca termina com o Fla x Flu no próximo domingo, porém, parece que o campeonato será esticado por mais algumas semanas. Pelo menos na esfera jurídica e financeira, isso porque a FERJ revelou que não possui renda para efetuar os pagamentos de premiação aos clubes. 

Em 2021, o Estadual rompeu de vez com o Grupo Globo e apostou em um acordo com a Rede Record e com o trabalho de streaming vendo um pay-per-view. Porém, o que parecia ser a receita de sucesso se tornou um problema. 

Para a TV aberta, a FERJ fechou um acordo de R$ 11 milhões, sendo R$ 3 milhões para os clubes e o restante destinado à produção das imagens da competição. No pay-per-view foram vendidas 200 mil assinaturas, mas ainda assim não será suficiente para efetuar os pagamentos. 

Pela combinação, o campeão Carioca levaria R$ 2 milhões, o vice, R$ 1 milhão. Os vencedores da Taça Rio e da Taça Guanabara (Flamengo) ficariam com R$ 1 milhão cada. Ainda haveria outros R$ 500 mil para cada um dos semifinalistas do Carioca – segundo informações publicadas no UOL pelo jornalista Rodrigo Matos. 

Ainda segundo o jornalista, o valor pela fase semifinal não foi recebido pelos clubes, nem a Taça Guanabara. Em outras edições, a Federação deixou para efetuar o pagamento no fim do campeonato, porém, esse ano a situação parece mais delicada já que não há dinheiro para quitar esses valores com os clubes. 

Texto de Pedro Vinicius 

Matéria publicada em 20/05/2021 às 13:30

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.