Foto: Divulgação

Na última quarta-feira (04) a FERJ se reuniu com os clubes cariocas, Maracanã, Ministério Público, Polícia Militar, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e o Metrô-Rio para organizar a operação de retomada das partidas no estado do Rio de Janeiro.

Os principais pontos discutidos foram a campanha para conscientização dos torcedores, mobilidade urbana e trocas dos bilhetes visando reduzir as aglomerações no retorno.

A previsão é que em outubro 100% do público estará liberado para estar nos estádios cariocas, em setembro, 50% da capacidade seria autorizada para realizar os testes com público. Só será autorizada a entrada nos estádios de torcedores que tomaram as duas doses da vacina contra a Covid-19, ou a dose única da Janssen, além da obrigatoriedade do uso de máscaras dentro dos estádios.

Vale lembrar que o retorno do público nos estádios do Rio de Janeiro dependerá da liberação dos órgãos de saúde, da liberação da FERJ para competições estaduais, CBF para competições nacionais e Conmebol nas competições internacionais. A Conmebol já divulgou que ficará a critério das autoridades locais de saúde a reabertura dos Estádios para o público.

Texto de Caio Bezerra

Matéria publicada em 06/08/2021 às 13:30

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.