Foto: Arthur Barreto

Em entrevista ao Cariocado o treinador do Duque de Caxias, Tinoco, nos contou sobre suas expectativas para o grande jogo na tarde de hoje, no Marrentão, valendo vaga para a grande final da Taça Santos Dumont.

O treinador nos falou sobre o início da competição, onde a equipe do Duque não disputou as 2 rodadas iniciais, devido a W.O de seus adversários, ele acredita que foi prejudicial e que o ritmo de jogo dos atletas foram extremamente prejudicados, principalmente na 1ª partida contra o Gonçalense, mas exaltou a rápida recuperação da equipe. Questionei sobre a defesa ter sido vazada em um número acima do normal, nas últimas partidas do 1º turno, foram 3 gols nos últimos dois jogos, números que superavam o número de gols sofridos durante toda a competição, Tinoco minimizou o fato e afirmou que 2 desses 3 gols foram de falhas individuais, o que lhe tranquiliza, pois o sistema vem funcionando da maneira esperada, e que os erros individuais acabam acontecendo nas partidas, “no vestiário demos moral para o atleta e mostramos nossa confiança no jogador” afirmou o treinador ref. A falha defensiva na partida contra o Audax. Sobre o Sampaio Corrêa, o treinador do Duque exaltou a qualidade do adversário e afirma que não terá vida fácil, mas a preparação e a concentração de sua equipe estão altas, “será um grande jogo para assistir”, afirmou o treinador. Tinoco lamentou a falta da torcida em seu estádio na partida decisiva, mas o mando de campo é uma boa vantagem em uma partida mata a mata. 

Duque de Caxias e Sampaio Corrêa se enfrentam em partida que valerá vaga para a final da Taça Santos Dumont às 15:00 de hoje, no estádio Marrentão, casa do Duque de Caxias.


Texto de Caio Bezerra

Matéria publicada em 21 de Outubro de 2020, ás 10:21.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.