Foto: Gladstone Lucas/Serrano FC

Nesta quarta - feira, se enfrentaram em Petrópolis Serrano e São Gonçalo. E debaixo de chuva forte, o Leão da Serra quebrou um tabu: desde que voltou à segunda divisão, em 2016, o time petropolitano nunca havia ganhado o São Gonçalo. De quebra, segue vivo no sonho pela Série A2 no ano que vem.


1º tempo


Começou bem morno, mas aos 7 minutos, tivemos a primeira grande chance de gol da partida. Mayron, do Serrano, tentou finalizar e a bola bateu na defesa do time do Leste Fluminense. No rebote, Levi emendou de primeira, mas a bola bateu de novo na zaga do S. Gonçalo.


Aos 13, a primeira falta de grande impacto no jogo. Darlan, do Serrano, e Diego Macedo, do São Gonçalo, trombaram e o serranista levou a pior, mas foi rapidamente atendido. Houve muita reclamação por parte dos jogadores do Serrano, que pediram vantagem, em vez de falta.


Com 18 minutos, nova chance pro Serrano. Na tentativa de finalização, Magdiel acabou chutando e a zaga gonçalense desviou. Dois minutos mais tarde, foi a vez do São Gonçalo tentar o gol. Cruzamento de Keven para Thompson, que chutou fraco para Rafael do Serrano agarrar.


Aos 22, mais uma chance pro Serrano, de falta. Mayron cobrou, a bola explodiu e no rebote, Rossales emendou de perna esquerda, para defesa de Matheus Gomes.
O São Gonçalo passou a atacar mais perigosamente e aos 28, quase abriu o marcador. Keven tentou encobrir Rafael Melo, que defendeu. No rebote, Rossales salvou em cima da linha.


Aos 32, mais uma chance de gol pro Serrano. Em um cruzamento de Rossales, Pablo cabeceou, mas foi pra fora.


Aos 34, Straub levou uma entrada mais forte de Paulo Vitor, o que gerou reclamações dos serranistas.
Dois minutos depois, um susto pro São Gonçalo: Kauer, do Serrano fez uma entrada dura em Keven, que ficou caído no gramado, mas conseguiu retornar.


Aos 38, escanteio pro São Gonçalo e mais uma defesaça de Rafael Melo.
Já nos acréscimos, um susto pra equipe do Serrano: Após uma dividida com Diego Macedo, do São Gonçalo, Darlan levou a pior. Mas ele conseguiu se recuperar tranquilamente.


2º tempo


No segundo tempo, a chuva que já estava caindo na primeira etapa, ficou mais forte, o que tornou o jogo mais perigoso. Mas ela não intimidou as duas equipes. O técnico Mauro Fonseca fez algumas mexidas no time, tornando - o mais ofensivo.


Aos 3 minutos, chance de gol pro São Gonçalo. Após falta cobrada por Ratinho, Thompson cabeceou e Rafael Mello, do Serrano, defendeu.


Dois minutos depois, mais uma excelente chance pro Serrano. Magdiel chutou forte pra defesa de Matheus Gomes. Na jogada seguinte, após cruzamento de Roberto, Paulo Vitor quase marca pro São Gonçalo, de canela.


E de tanto buscar o gol, ele veio aos 19 minutos: Accioli, que havia entrado oito minutos antes, deu um passe pra Assis, que entrou no intervalo. O camisa 16 puxou pela esquerda e chutou com a direita no cantinho, abrindo o placar. Na comemoração, ele foi para as arquibancadas pra cumprimentar o pai.


Aos 22, a chuva parou e o São Gonçalo não se intimidou. Diego Macedo cabeceou mal e pra fora.


Aos 29 o Serrano quase amplia o marcador. Assis cruzou para Pablo, que mandou um chute pra fora.


Dois minutos depois, ambos os times tiveram grandes chances. Primeiro foi o Serrano. Pablo driblou a zaga do São Gonçalo e na hora de finalizar, Ratinho tirou. Na sequência, foi o SGEC que levou perigo. Saturmino, que havia entrado alguns minutos antes, recebeu a bola do meio campo e quase encobriu o goleiro Rafael Melo de cabeça, mas a bola passou pertinho do gol.


Aos 37, mais uma chance boa pro São Gonçalo. Ratinho cobrou, mas a bola veio tranquila pra Rafael Melo defender.
No final do jogo, o Serrano passou a abusar dos contra - ataques, mas acabava sendo desarmado pelo São Gonçalo.


Nos acréscimos, a última grande chance de gol pro Serrano. Straub cobrou e Matheus Gomes, do São Gonçalo espalmou. No rebote, Nandinho chutou, mas Diego Macedo afastou.


Com o resultado, o Serrano saiu da lanterna do grupo A e passou a ocupar a 7ª posição do grupo A, enquanto o São Gonçalo segue sendo o 7º do grupo B. Na classificação geral, o Leão da Serra segue vivo no G8 , em 8º, e mantém o sonho da Série A-2 vivo. Já o São Gonçalo segue ameaçado pelo fantasma da 4ª divisão, em 14º, a um ponto do Z2.


Texto Luiz Nascimento

Matéria publicada em 11/11/2020 às 20:16

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.