Foto: OneFootball

O Fluminense se classificou para a segunda fase do Campeonato Brasileiro feminino A2 com uma rodada de antecedência e, com isso, jogará amanhã a ultima rodada já com a cabeça na próxima fase. Portanto, o Cariocado conversou com a responsável pelo sucesso do time carioca que faz uma ótima campanha no campeonato nacional. Thaissan Passos é a jovem treinadora que comanda o esquadrão verde, branco e grená que busca a ascensão para a elite do futebol feminino. 

Thaissan, que tem 35 anos, iniciou o trabalho de 2021 no Fluzão sendo vice-campeã do Campeonato Carioca, perdendo de 2 a 0 para o Botafogo na grande final. 

• Com a classificação para a segunda fase garantida por conta da segunda colocação do grupo D, como você pretende trabalhar o time para enfrentar equipes mais qualificadas nesta nova etapa do campeonato? 

R: O Campeonato da A2 em 2021 vem com um nível muito alto. Nos preparamos para enfrentar todos os adversários de maneira séria e comprometida, não devemos diferenciar equipes, não existe mais isso. Futebol é jogado, estão todos buscando espaço no mercado, títulos, melhores condições. 

• O Fluminense tem o quarto melhor ataque da competição e em sua estreia já aplicou uma goleada sobre o Vila Nova. Você acredita que essa artilharia pesada é o que deixa o Fluminense com chances reais de ascensão para a elite do futebol feminino no Brasil? 

R: Eu acredito que tudo o que estamos vivendo e construindo durante todo o tempo de projeto no clube, um trabalho planejado, que está crescendo degrau por degrau, enfrentando todos os processos necessários, para vivermos o nosso propósito que é o acesso. Estamos buscando resultados coletivos, as atletas estão comprometidas no trabalho diário, e o resultado disso são os gols. 

• Como você avalia o nível do futebol feminino na competição e a diferença de investimento entre as equipes? 

R: Cada vez mais as equipes que tiverem trabalho sério, organizado, com o interesse real de desenvolver o futebol feminino, vão ganhar vantagem, dentro e fora de campo. Dentro porque as atletas se sentem valorizadas, ao lado de profissionais que vão trabalhar de maneira conjunta com elas, e fora porque apresentar bons jogos, com qualidade física, técnica e tática, faz com que o jogo seja um bom espetáculo, e isso atrai investidores, torcedores, fazendo com que a engrenagem gire e aumentando os valores financeiros. 

• Alguma preferência de clube para enfrentar na próxima fase? O título é possível? 

R: Não escolhemos adversário. Precisamos estar prontas para o que vier pela frente. Nós acreditamos muito, e sabemos que estamos no caminho certo, com pés no chão e muita humildade. 

A campanha do tricolor carioca conta com três vitórias, uma derrota e um saldo positivo de seis gols. Números bons para uma equipe que busca executar o melhor dentro de campo. Esses números também evidenciam a importância do trabalho técnico de Thaissan, mostrando o equilíbrio entre ataque e defesa. O Fluzão é uma das equipes mais competitivas da competição e mostra que não será um adversário fácil. 

O tricolor carioca volta a campo amanhã, dia 18, contra o lanterna do grupo, Atlético Goianiense. A partida será disputada no CT do Dragão, em Goiânia, ás 9:30.

Texto de Guilherme Henrique 

Matéria publicada em 18/06/2021 às 09:45

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.