Foto: Marcos Faria Melo 

Em partida válida pela quinta rodada da Taça Waldir Amaral, segundo turno da Série B2 do Carioca, Mageense e Ceres se enfrentaram em Los Lários, ambos lutando para subir nos seus respectivos grupos. O Mageense, caso conseguisse a vitória em seus domínios, subiria para nove pontos, colando no Barra da Tijuca e no Pérolas Negras, e se colocaria na briga pela semifinal do segundo turno. Já o time visitante, também buscava manter viva a esperança do acesso e caso ganhasse, empataria com o 7 de Abril, ambos com 10 pontos, dependendo dos resultados. 

A partida começou morna, com os mandantes dominando a posse de bola, mas sem criar grandes chances de perigo. O controle era insípido, pois quem teve as melhores oportunidades era o Ceres. Apenas aos 41 da primeira etapa que saiu um gol. O Mageense conseguiu converter sua posse em uma chance clara. A equipe levou a vantagem para o vestiário e podia sonhar com voos mais altos no segundo tempo.

Na volta para a etapa final, o ânimo do Ceres mudou totalmente e o rumo do jogo foi muito diferente. Aos nove e aos 13, a equipe virou o jogo e já mostrava que o ritmo seria outro. Dois minutos depois, 3 a 1 para o Ceres e parecia que dava mais. E não foi diferente, aos 31 os visitantes fizeram o quarto e sacramentaram o resultado. O grande destaque da partida foi Jobinho, autor de três gols do Ceres. 

Ao final da rodada e com todos os resultados computados, o Ceres acabou estacionado na terceira posição, mas agora empatada com o 7 de Abril. Cada um tem 10 pontos, mas o saldo da equipe auriverde de Paciência é um pouco superior ao do Ceres. Na próxima rodada, a equipe azul de Bangu enfrenta o Carapebus e sonha com uma vitória. Pelo lado do Mageense, a derrota complicou suas chances de classificação. Para ainda sonhar, precisa ganhar os três jogos restantes, além de contar com uma série de resultados alheios. Seu próximo desafio é contra o Mesquita em crise, então é possível uma rápida recuperação.


Texto de Hugo Lage
Matéria publicada em 06/01/2021 às 19:00  

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.