Foto: divulgação

Após quase 10 anos fora das competições estaduais, a Penalty, maior fabricante brasileira de material esportivo retomou a parceria com a FERJ e vai fornecer para o Campeonato Carioca 2021 a nova bola ecológica S11 Ecoknit.

Revestida por tecido obtido a partir de garrafas PET recicladas, a Ecoknit é a primeira bola de futebol profissional do mundo com apelo sustentável.

Testada e aprimorada junto ao Instituto de Pesquisas Tecnológicas e certificada pela FIFA, a nova bola do Cariocão apresenta na superfície externa uma gravação que auxilia o produto a ter uma melhor aerodinâmica durante o voo. Por dentro, é composta por uma câmara 6D que proporciona equilíbrio total à bola e camada de NEOTEC que a torna menos contundente sem perder elasticidade. Para a união dos 14 gomos com a estrutura interna, a Penalty utiliza a exclusiva tecnologia Termotec, de termo fusão, que garante 0% absorção de água e mantém as propriedades de peso e velocidade da bola mesmo em condições de chuva forte.

Para a edição do ano que vem, a bola ainda recebeu camadas extras de proteção ultravioleta, para não amarelar com o sol (um grande problema do campeonato  e impermeabilização do tecido, para que a bola se mantenha limpa durante a partida, mesmo em campos cheios de lama. A bola tem fundo branco com grafismos em preto e roxo e o símbolo da reciclagem em vermelho, alusão ao plástico na coleta seletiva. 

A Penalty ainda vai fornecer as bolas de outros sete campeonatos estaduais: Paulista, Goiano, Potiguar, Cearense, Amazonense, Pernambucano e Paraense, tanto nos campeonatos profissionais masculinos, quanto nos de base e femininos de cada um dos oito estados.

A S11 Ecoknit tem distribuição nacional e pode ser adquirida em lojas esportivas de todo o país e no e-commerce da Penalty. A versão para o Campeonato Carioca estará disponível a partir de janeiro de 2021, com preço sugerido de R$ 549,99.

O Campeonato Carioca da Série A1 começa oficialmente em 17 de janeiro, com a primeira fase, a ser disputada por América, Americano, Cabofriense, Friburguense, Nova Iguaçu e Sampaio Corrêa. O time que somar mais pontos ao longo das dez rodadas se classifica à fase principal do Campeonato Carioca, enquanto os outros cinco times serão rebaixados à Série A2 em 2021.

Texto de Luiz Nascimento, com informações da Agência FERJ

Matéria publicada em 12/12/2020, às 14:00

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.