Divulgação: AD Cabofriense

A sexta rodada da Seletiva foi marcada pelo duelo entre Cabofriense e Americano, duas equipes que estavam de olho pelo topo da classificação. Desde a primeira rodada, justamente contra o Alvinegro de Campos, a equipe tricolor de Cabo Frio não perdeu mais na competição e estava embalada. O Americano buscava manter a maré positiva depois da boa vitória por 3 a 0 contra o America.

O primeiro tempo mostrou uma disputa intensa pelo predomínio na posse, com leve vantagem para a Cabofriense. A equipe buscava fazer o resultado jogando em casa, mas o meio campo visitante estava em um bom dia e respondia com muito vigor. Apesar de um gol anulado, a Cabofriense jogava melhor e merecia estar na frente. E isso aconteceu aos 40 do primeiro tempo, com bola jogada na área do Americano. A defesa alvinegra não conseguiu tirar e sobrou para Feitosa. O jogador não perdoou e fuzilou para o gol, tirando o zero do placar. Poucos minutos depois, os visitantes conseguiram empatar em um lance atrapalhado de Jackinha. Ele não soube o que fazer para afastar a bola em um cruzamento e, nessa indecisão, empurrou para o próprio gol.

Na volta para a segunda etapa, o ritmo do jogo caiu bastante por causa da temperatura alta e as condições longe de ideais do gramado. A Cabofriense soube tirar vantagens das constantes falhas da defesa do Americano e fez o segundo. Em nova bola alçada, Natan achou um companheiro livre, que cabeceou na trave e Coutinho empurrou para o gol. Isso tudo sem nenhum atleta do Americano atrapalhar. O restante da etapa final foi de controle da Cabofriense, sabendo o que fazer em campo e tentando tirar proveito dos erros defensivos. O Americano até tentou, mas não conseguiu criar grandes oportunidades, apenas chutes longos ocasionais e tabelas que não funcionavam.

As equipes voltam a campo na sétima rodada da Seletiva, no sábado, às 15:30. A Cabofriense, líder com 13 pontos, enfrenta o America. O tricolor praiano, caso vença, pode se isolar no topo e basicamente acabar com as esperanças do adversário. Já o Americano, estacionado com sete pontos, recebe o Friburguense, equipe já rebaixada para a Série A2. Se ainda quiser ter alguma esperança, o Americano precisa da vitória.

Texto de Hugo Lage 

Matéria publicada em 03/02/2021 às 18:20


Comentários
* O e-mail não será publicado no site.