Foto: Divulgação Barra da Tijuca


O Barra da Tijuca recebeu o Pérolas Negras no Estádio Antunes (CFZ), no Recreio dos Bandeirantes na última sexta (04). A partida, válida pela sexta rodada da Taça Maracanã, foi eletrizante nos primeiros minutos, com as duas equipes buscando o gol a todo instante. Logo aos 3 minutos, pênalti para o Pérolas Negras. Andinho bateu e marcou o primeiro gol da partida. 1 a 0 para o Pérolas.


O Barra da Tijuca não ficou atrás do placar por muito tempo. Em uma falta para a equipe, Júlio César bateu e mandou no canto esquerdo do gol. Tudo igual: 1 a 1.


O Pérolas Negras atacou logo em seguida, em uma boa jogada de MV pela esquerda, que tocou para Chula, mas o atacante chutou para fora.

O jogo passou a ficar mais equilibrado na metade da primeira etapa. As duas equipes passaram a se estudar e quando chegavam ao ataque, faltava mais precisão para acertar o último passe.


O jogo só voltou a ter uma chance de perigo aos 32. Falta para o Barra da Tijuca: Júlio César, que bate bem, foi para a cobrança. Além de ter marcado o gol de empate do Barra, ele também já havia acertado uma cobrança de falta contra o Bela Vista. Júlio César bateu, mas Luiz Felipe fez uma grande defesa. Arruda pegou a sobra, porém errou o gol.


O segundo tempo começou morno. As duas equipes não conseguiram ter o mesmo ímpeto dos minutos iniciais. Quem começou tendo mais iniciativa foi o clube daONG Vivo Rio. MV se mandou pela esquerda e jogou na área. A zaga do Tricolor da Barra afastou parcialmente mas a bola sobrou para a equipe do Pérolas que não soube aproveitar. A bola por cima do travessão.


Aos 20, mais uma boa oportunidade para o Pérolas: Fabio deu um chutaço de fora da área e a bola passou perto.


O Barra levava perigo nas bolas paradas. O Tricolor teve mais uma falta e o veterano Júlio César, cobrador oficial, foi bater novamente. Dessa vez chutou para fora.


Já no lado do Pérolas, mais uma chance foi desperdiçada nos minutos finais. E foi a melhor da partida, que poderia ter colocado o time em vantagem. Josimar bateu forte e o chute explodiu na trave.


Com esse resultado, o Barra da Tijuca chegou aos 9 pontos, na quarta colocação, enquanto o Pérolas Negras, é o terceiro com 11. Ambos os times, são do Srupo A.

Na próxima rodada, o Barra da Tijuca vai até Olaria para enfrentar o Campo Grande em confronto direto. Já o Pérolas Negras receberá o Itaboraí Profute, em Resende.

O time dos refugiados se classifica em caso de empate, e se o Barra da Tijuca vencer o Campusca. Já o antigo Yasmin se classifica se bater o Galo da Zona Oeste e o time do Viva Rio perder seu jogo. 

O segundo colocado vai pegar o primeiro do Grupo B, que pode ser 7 de Abril, Araruama, Barra Mansa ou Casimiro de Abreu. O segundo do Grupo B vai pegar a Associação Atlética Carapebus.


Texto de Pedro Sodré com colaboração de Luiz Nascimento.

Matéria publicada em 05/12/2020, às 18:47 

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.