Foto: Divulgação

Peça importante para o esquadrão de aço, o estádio Raulino de Oliveira recebe novo gramado para partidas em 2021.

O Volta Redonda passou praticamente todo o ano de 2020 sem uma de suas principais peças, o estádio Raulino de Oliveira serviu como hospital de campanha em combate a COVID-19 e esteve ausente durante a maior parte do ano.

Com isso, a equipe se viu obrigada a mandar seus jogos em outro estádio, a solução foi no Luso-brasileiro, estádio da Portuguesa-RJ. Apesar de no início a equipe parecer bem adaptada a mudança, chegando a liderar seu grupo na Série C, o rendimento da equipe caiu e a falta de seu estádio, de sua casa, pode ter sido um fator importante na queda de rendimento.
Para 2021, a preparação para a volta da equipe mandar as partidas em seu estádio já teve início. Uma empresa começou a recolocação do gramados nos pontos mais afetados com a montagem do Hospital de Campanha.

Os trabalhos se encontram de forma bem adiantada e um ponto importante a isso é que a grama que está sendo colocada no estádio é a mesma que é instalada no gramado do Maracanã. Alguns pontos do estádio também passarão por melhorias como as arquibancadas e as salas de aquecimento.

O Volta Redonda estreia no campeonato Carioca no último final de semana do mês, no dia 27 ou 28 (a definir) contra o Madureira e com grandes chances da partida marcar a volta do Raulino de Oliveira.

Texto de Léo Ferreira

Matéria publicada em 04/02/2021 às 08:15

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.