Foto: Marcos Faria

America e Sampaio Corrêa empataram em 1 a 1, nesta tarde, na abertura da Seletiva do Campeonato Carioca. O duelo aconteceu no Giulite Coutinho, estádio do America. Os dois times começam empatados na terceira posição com 1 ponto.


O jogo começou com o Sampaio dominando a posse de bola e os mandantes optando por ficarem mais recuados. Esse desenho do jogo era esperado, já que um clube vinha disputando a Série B1 e o outro havia começado a preparação a pouco tempo. O sol escaldante que castigava os jogadores também contribuiu para essa dinâmica. O treinador Alvaro Gaia comenta que o pouco tempo de preparação e a parte física influenciaram a postura do time.

“Foi a maior preocupação que eu tive (sobre a parte física), porque nós temos pouco tempo de trabalho, por isso optei por jogar com os 3 volantes. Nós também tivemos alguns jogadores que não puderam jogar hoje.”

A primeira chegada de perigo veio aos 19, com o experiente Alexandro, impedido, obrigando Deola a fazer uma grande defesa. Com o passar do tempo, o America foi equilibrando o jogo e criando suas chances. Aos 21, em bate rebate na área do Sampaio, Wallinson finalizou para as redes, mas o juiz pegou a falta do zagueiro. Wallinson entrou no lugar de Lucão Gomes aos 10 minutos, e saiu no intervalo para a entrada de Lucão. As lesões foram um problema da equipe da Baixada Fluminense nesta estreia. dois defensores (Lucão Gomes e Wallinson) e um atacante (Leandro Costa) sentiram e precisaram ser substituídos.

 Nos minutos seguintes, o Sampaio, em duas jogadas pelas pontas, quase abriu o placar. Na primeira, Wallinson travou o chute na pequena área. Logo depois, Deola impediu que o cruzamento de Wendson chegasse ao destino. Aos 39, Leandro Costa, atacante do America, fez belo giro sobre a marcação e encontrou Polegar próximo à marca do pênalti. O lateral bateu no contrapé do goleiro Andrey para abrir o placar. O Sampaio não se abateu e foi para cima na sequência. 3 minutos depois, Wendson partiu para cima de Christianno, deu lindo drible, entrou na área e bateu cruzado para empatar o jogo.

 Na segunda etapa, o America voltou com o time mais avançado. O time assumiu o controle da partida sem, entretanto, criar jogadas. Aos 5 minutos, Leo cobrou uma falta à esquerda de Deola, naquele que seria o único lance de perigo dos visitantes nos 45 minutos finais. Após isso, apenas o time da casa esteve presente no ataque. Andrey foi obrigado a fazer uma boa defesa no canto direito em chute de fora da área, e Djlaminha, dentro da área, recebeu passe rasteiro da ponta direita, mas pegou de mal jeito. A partida seguiu morna até o fim, sem maiores problemas para os dois goleiros.

O America volta a campo na próxima quarta-feira, às 15h, para a partida contra a Cabofriense. A partida será no Correão, estádio da Cabofriense.


Texto de Caio Moreno

Matéria publicada em 16/01, às 21:10

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.