Foto: Marcos Faria

Na manhã da última segunda-feira (03), o 7 de Abril no Estádio Antunes (CFZ), no Recreio dos Bandeirantes. Seu adversário foi o Itaboraí Profute, que começou embalado na Taça Waldir Amaral com duas vitórias, mas perdeu na partida anterior para o Araruama por 3 a 0 e foi derrotado novamente pelo 7 de Abril por 2 a 1 nessa que foi a quarta rodada do segundo turno da Série B2.

O jogo começou elétrico e quem tomou a iniciativa logo nos primeiros minutos foi o 7 de Abril. Matheus Passarinho recebeu bom passe na esquerda aos 3 minutos e finalizou para o gol para a defesa de Thiago. No minuto seguinte, após saída de bola errada do goleiro do Profute, a bola cai no pé de Leandrinho, que correu em direção ao gol mas escorre, que teve uma nova oportunidade aos 10 minutos: Wallace partiu com a bola, chutou de longe e mandou por cima do gol.

O Profute só conseguiu se aproximar da área adversária aos 14 da primeira etapa. Gabriel Buscapé avançou pela esquerda, entrou na área, próximo à linha de fundo e bateu para o gol, mas o chute foi fraco, facilitando a defesa do goleiro Flávio. Aos 15 o Itaboraí Profute deu o primeiro susto no 7 de Abril: Lelê mandou uma bomba de fora da área que explodiu no travessão do time de Paciência.

O 7 de Abril tentou dar a resposta aos 18 em cobrança de escanteio. André Paulino cabeceou e a bola foi por cima do gol

O Profute era perigoso nos contra-ataques e quando subia ao ataque levava perigo ao adversário. Ruan, após partir pela direita, fez um bom cruzamento para a área e Lelê apareceu na área para cabecear, porém a bola foi para fora quando o cronômetro marcava 25 minutos.

O 7 de Abril não abdicou do ataque, e aos 28, abriu o placar. Depois de receber um lançamento do campo de defesa, Matheus Passarinho, na ponta direita, deu um belo drible no zagueiro do Itaboraí, entrou na área e bateu no cantinho. A bola ainda bateu na trave antes de balançar a rede. 1 a 0 para a equipe verde e amarela.

Mas o 7 de Abril não teve muito tempo para comemorar a vantagem, porque logo no lance seguinte, sofreu o empate. Após cobrança de escanteio pela esquerda, o zagueiro Mumu subiu mais alto na área e cabeceou para o fundo do gol, empatando a partida para o Profute: 1 a 1.

A partir daí, o jogo ficou bem amarrado. As duas equipes tentavam criar suas jogadas de ataque mas esbarravam na marcação adversária. O confronto só veio a ter mais uma grande chance aos 46 minutos. Depois de um passe errado no meio de campo, Gabriel Buscapé roubou a bola, partiu em velocidade, bateu para o gol e o goleiro Flávio fez uma defesa salvadora.

O segundo tempo não teve o mesmo ritmo do primeiro. O 7 de Abril, que começou pressionando na primeira etapa, voltou jogando um futebol mais lento. Por sua vez, o Itaboraí Profute não tinha tanta criatividade com a bola nos pés e tinha o jogo aéreo como seu principal recurso para tentar uma jogada que levasse mais perigo. 

A primeira oportunidade de gol só foi surgir aos 20 minutos. Em uma cobrança de escanteio, o zagueiro André Paulino, do 7 de Abril, cabeceou para o gol de novo e novamente mandou para fora.

Aos 24 do segundo tempo, foi a vez do Profute: Lelê roubou a bola, chutou de fora da área e Flávio defendeu. O Itaboraí tchegou com perigo mais uma vez aos 27, dessa vez com o Gabriel Buscapé. O atacante recebeu um cruzamento da esquerda de Lelê mas por pouco não conseguiu alcançar a bola dentro da pequena área. E num lance parecido aos 34, quase o Profute consegue virar a partida. Novamente Lelê avançou pela esquerda, conseguiu se livrar do último marcador na linha de fundo e cruzou para a área. Vitor, que entrou no segundo tempo, se jogou de carrinho e a bola só não entrou porque Flávio estava lá para salvar mais uma vez o 7 de Abril.

Depois de momentos desfavoráveis na partida, o 7 de Abril que não vinha jogando bem, conseguiu marcar o segundo gol. Wallace cruzou na esquerda para a área, Ramon subiu de cabeça e balançou as redes aos 41, fazendo 2 a 1 para o 7 de Abril, placar esse, que permaneceu até o fim da partida. 

Com a vitória, o 7 de Abril assumiu a liderança tanto na classificação geral, na qual soma 25 pontos, como também no Grupo B da Taça Waldir Amaral (possui 10 pontos). O Itaboraí Profute está em terceiro no Grupo A, com 6 pontos, e soma 10 pontos na classificação geral, que o coloca na décima segunda posição. Uma acima da zona de rebaixamento para a Série C.

As duas equipes entram em campo pela quinta rodada da Taça Waldir Amaral na próxima quarta (6). O 7 de Abril enfrenta o Pérolas Negras no Estádio do Trabalhador, às 15h. No mesmo horário, o Profute recebe o Tigres do Brasil no Estádio Joaquim Flores.

Texto de Pedro Sodré 

Matéria publicada em 04/01/2021 às 08:57

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.