Divulgação: 7 de Abril

A partida entre Campo Grande e 7 de Abril colocava frente a frente dois clubes com ambições na Taça Waldir Amaral, segundo turno da B2. Os mandantes queriam manter o nível depois da goleada histórica aplicada contra o Barcelona, onde o Campo Grande fez 10 a 0. Já o 7 de Abril, queria se recuperar de uma sequência de duas derrotas para adversários duríssimos, o Pérolas Negras e o Barra da Tijuca. Quem vencesse o jogo de hoje se manteria vivo em seu respectivo grupo, e quem perdesse estaria praticamente eliminado. 

O início do Campo Grande foi avassalador, o relógio não marcava nem 10 minutos e a equipe já abriu o placar. Um lançamento do campo de defesa achou Ronaldy sozinho. Ele tirou do goleiro e correu para comemorar. Poucos minutos depois, o 7 de Abril teve uma bola perigosa na área adversária, mas a zaga do Campusca rebateu bem. Por volta dos 20 minutos, um lance crucial para a partida. O goleiro dos mandantes sentiu e teve que ser substituído. Assim, Lucão saiu e quem assumiu o gol foi Gabriel. Apesar dessa mudança, a vantagem era do Campo Grande, se mantendo mais perigoso e sofrendo apenas com lances esporádicos, sem grande pressão dos visitantes. Ronaldy quase ampliou o placar, mas o primeiro tempo acabou 1 a 0 mesmo para o Campusca. 

A etapa final foi em outra toada, o 7 de Abril entrou pressionando desde o início e conseguiu empatar com um belo chute de Leandrinho. A jogada se originou de uma bobeira da zaga do Campo Grande. Pouco tempo depois, os visitantes mostraram sua superioridade e viraram com cabeçada de Ramon. Quem começou a aparecer muito bem foi Matheus Passarinho, dando o ritmo do 7 de Abril e quase marcando um golaço de falta. Um princípio de confusão parecia se armar aos 20, mas foi rapidamente resolvido. E poucos minutos depois, os visitantes deram números finais ao placar. Boa jogada entre Matheus Passarinho e Leandrinho obrigaram o goleiro do Campo Grande a bela defesa, mas o rebote veio perfeito para Ramon, que só teve o trabalho de empurrar para a rede e fechar o 3 a 1 de virada. 

Com os resultados da roda, o 7 de Abril acabou na terceira colocação do grupo B, mas agora tem 13 pontos, um a menos que Ceres e Tigres. Na próxima rodada, a equipe auriverde enfrenta o Mageense e depende que ao menos um dos rivais deixe de ganhar. Já o Campo Grande, ficou estacionado nos 12 pontos, caindo para a quarta colocação. A classificação para a semifinal do segundo turno não é mais possível, já que Pérolas Negras e Barra da Tijuca tem, respectivamente, 18 e 17 pontos. Resta agora ao Alvinegro da Zona Oeste sonhar com a tabela geral e buscar a vitória contra o Mesquita, uma das equipes mais fracas da competição.


Texto de Hugo Lage
Matéria publicada em 13/01/2020 às 20:40

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.